quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Inicial

Programação comemorativa ao cinquentenário do Fanzine Brasileiro
 

Lançamento do livro "O inventor do Fanzine - Um perfil de Edson Rontani", de Gonçalo Júnior, Editora Marca da Fantasia. 
O livro foi lançado na 3ª. Jornada Internacional de Quadrinhos, realizada na Escola de Comunicação e Artes (ECA/USP), em São Paulo realizada entre os dias 18 e 21 de agosto (http://www2.eca.usp.br/jornadas/)
Edson Rontani, em 1965 em Piracicaba, estado de São Paulo, foi o responsável pela proeza de dar origem aos nossos fanzines, ao lançar o boletim Ficção, voltado à divulgação e análise das histórias em quadrinhos. Isso não foi pouco, levando-se em conta a desinformação sobre esse tipo de publicação, o preconceito contra os quadrinhos e a precariedade dos processos de reprodução.Foi a paixão pela arte que levou Edson a romper o isolamento em que vivia, por encontrar-se no interior do país e pela incompatibilidade etária, para a qual não caía bem continuar lendo quadrinhos após a puberdade. A atitude revolucionária de Edson, antecipando o famoso lema punk “do it yourself”, tomou nas mãos a tarefa de garantir sua autonomia e promover com recursos próprios sua necessidade de comunicação.Ao fazer 50 anos da criação do fanzine Ficção, Edson Rontani recebe o caloroso tributo de Gonçalo Júnior, nesse perfil que redimensiona o lado humano e criativo do autor.O inventor do fanzine: um perfil de Edson Rontani de Gonçalo Junior - Série Quiosque, 41 - Paraíba: Marca de Fantasia, 2015. 112p. 13x20cm. R$25,00 - ISBN 978-85-67732--37-4. Capa de Érico San Juan. À venda pelo site Marca de Fantasia.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - 

Abertura da Semana Municipal do Fanzine
Dia 5 de outubro, segunda-feira, às 19h30, no plenário da Câmara de Vereadores de Piracicaba, ocasião em que Edson Rontani Júnior ocupará a tribuna livre da casa de leis, sendo apresentado pelo vereador Pedro Luiz da Cruz,e falará sobre o cinquentenário do Fanzine Brasileiro.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -



Mesa Redonda: Fanzine: um mundo de muitas histórias e quadrinhos
* Evento integrante da programação da Semana Municipal do Fanzine
Data: 06/10/2015 - Terça-feira
Local: Campus Taquaral da UNIMEP - Auditório Verde (Bloco 02)
Horário: 19h30
Realização: Curso de Design Gráfico da Unimep e Curso de Jornalismo da Unimep
Apoio: FCI - Faculdade de Comunicação e Internet da Unimep e Câmara de Vereadores de Piracicaba
Expositores: Edson Rontani Júnior, Érico San Juan, Rafael de Latorre e Gazy Andraus
Mediação: Prof. Camilo Riani

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Programação 50 anos do fanzine brasileiro - Homenagem a Edson Rontani - Gibiteca Municipal de Santos (S.P.) - Visite o Facebook da Gibiteca clicando aqui




Outubro é o mês do fanzine na Gibiteca de Santos. Portanto, nos finais de semana de outubro de 2015, a Gibiteca de Santos comemorará o evento com palestras, mesas e lançamentos de publicações independentes. Fanzines são revistas autorais, produzidas pelo próprio autor, com os mais diversos temas, linguagens e formatos.


Curadoria: Gazy Andraus, Fabiano Geraldo e Gibiteca Municipal Marcel Rodrigues Paes



16/10/2015 – sexta

• 16 às 18 horas - Adriane Almeida/Nívia Silva (O fanzine e sua transposição midiática meditativa - teoria e prática de Adriane e Nívia com prática com tigelas de cristal de quartzo) 
• 18h30 - Palestra de abertura ao Dia Nacional dos Fanzines com Gazy Andraus





 




17/10/2015 – sábado

• 14 às 16 horas – Roger BeatJesus e Ricardo Miranda – abordagens de técnicas do fanzinato para a educação social e integrativa (teoria e prática)
• 16h30 às 18h30 – Edson Rontani Júnior (“50 anos do lançamento do primeiro fanzine brasileiro ‘Ficção’ em 12/10/1965"), mediação de Gazy Andraus






18/10/2015 – domingo

• 14 às 17 horas – Fabiano Geraldo e Leo Darumaman (Oficina D.I.Y. = Do It Yourself – Como fazer o seu próprio zine)





• 17h15 às 18h30 – Márcio Sno e Ana Basaglia – Lançamento do livro “O Universo Paralelo dos Zines (Sno), da Editora Timozine (Basaglia) e William Busca e seu livro "Fanzine como Obra de Arte"









24/10/2015 – sábado

• 15 às 17 horas - Cléziio Santos e o uso dos Fanzines na Educação Universitária  - mediação de Gazy Andraus

 
• 17 às 19 horas – Flávio Calazans e o Fanzine Barata e Valdir Alvarenga e Luiz Antonio Canuto e a Revista Independente de literatura Mirante - a história da Barata e Mirante, ícones independentes da Baixada santista.






25/10/2015 – domingo

• 10 às 12h30 – Wendell Sacramento e Ian Rocha – oficina de experimentação de zines e lançamento de Fanzines autorais 



A entrada é gratuita. A Gibiteca fica no Posto 5, na avenida da praia, bem em frente à rua Oswaldo Cruz, no Boqueirão, em Santos.
Mais informações: (11) 3288-1300.

*Possibilidade de troca e distribuição de fanzines de Zines durante todo o evento: traga o seu!



- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - 
Mesa Redonda sobre o Cinquentenário do Fanzine na Faculdade Anhanguera de Piracicaba. Dia 27 de outubro, às 19h30. Tema: Fanzine, da idéia ao traço, com Edson Rontani Júnior (jornalista e historiador), Eduardo Grosso (artista gráfico) e William Hussar (membro do Conselho Consultivo do Salão Internacional de Humor de Piracicaba). Mediação do professor Maurici Scarpari.
 - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Assembleia Legislativa homenageará o cinquentenário do Fanzine Brasileiro. A iniciativa é do deputado estadual Roberto Morais que realizará solenidade alusiva aos 50 anos, conforme propositura levada à Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. Data a ser confirmada.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - 

Livro Fanzine Brasileiro 50 anos, de autoria de Edson Rontani Júnior. Um retrospecto dos 50 anos do fanzine "Ficção", criado em Piracicaba, no dia 12 de outubro de 1965 pelo pai do autor, Edson Rontani. A obra está em fase de captação de recursos financeiros para financiamento de sua capa. Leia mais clicando aqui.


 - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -


Livro Fanzine como obra de arte - Da subversão ao caos
O que é fanzine? Como se faz? Fanzine é Arte? Questões como essas dão norte para o tema deste artigo. No artigo é abordado o histórico de como o fanzine surge e vai se associando a vários movimentos no decorrer do século XX, como uma expressão artística muito eficiente na descentralização da informação e da própria criatividade.
O fanzine está associado a movimentos de cultura popular, de cultura de massa, de vanguardas artísticas, movimentos de contracultura etc., e permanece até os dias de hoje como forte recurso de liberdade de expressão. Por motivos de espaço e de recorte temático, não foi possível entrar em pormenores e detalhes estruturais de analisar somente um fanzine, ou abordá-lo como exemplo (tanto na estética das imagens como na literatura envolvida) por isso em meio ao texto serão citados alguns impressos por sua importância histórica no movimento dos fanzines e da imprensa alternativa.
Será destacado no primeiro capítulo a gênese do fanzine, da nomeação à assimilação com as mídias da internet. No segundo capítulo segue-se a relação do fanzinato com movimentos de Arte, principalmente com as vanguardas mais radicais (Futurismo, Dadá e Surrealismo) e caminho junto a movimentos que continuaram os ideais vanguardistas (Fluxus, Arte Postal, Situacionistas e o Punk).
Por fim, para poder conceituar o fanzine como Arte, serão feitas breves colocações de teóricos renomados sobre o conceito de Arte que prevalece nos dias de hoje, e de quando surgiu esse conceito, e estabeleço um raciocínio crítico de como o fanzine se coloca em relação a Arte. No artigo será usado a expressão “zine” como um diminutivo da palavra “fanzine”, não como alguns teóricos que diferem as duas grafias como formas diferentes de impressos (este conceito será debatido no terceiro capitulo).
No texto corrido do artigo será feito uma diferenciação da palavra Arte com “A” maiúsculo, da com “a” minúsculo por diferenças conceituais abordadas mais detalhadamente na última parte do artigo onde se fez necessário uma análise estrutural e histórica para aprofundar a crítica ao conceito de Arte, pois como diz Roger Taylor: “Não é possível penetrar de forma inteligente na vida da Arte, sem entrar no valor do sistema envolvido” (TAYLOR, 2005, p.97).
William Busanello
Fanzine como obra de arte: da subversão ao caos - William de Lima Busanello - Série Quiosque, 40 - Paraíba: Marca de Fantasia, 2015, 60p. 13x20cm. R$15,00 - ISBN 978-85-67732-36-7. À venda pelo site da Editora Marca de Fantasia.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Câmara de Vereadores aprova a instituição da Semana do Fanzine em Piracicaba
O Dia Municipal do Fanzine será comemorado na cidade em 12 de outubro. A proposta é do vereador Pedro Cruz (PSDB), em homenagem ao artista plástico, caricaturista e chargista piracicabano Edson Rontani, criador do lendário personagem Nhô Quim, mascote do Esporte Clube XV de Novembro.

“A data escolhida é uma justa homenagem e um incentivo aos zines brasileiros”, explica Cruz, autor do projeto de decreto legislativo 57/2014. O texto da propositura foi aprovado na primeira reunião ordinária de 2015 da Câmara de Vereadores de Piracicaba, realizada às 19h30 desta segunda-feira, 2, no Plenário Francisco Antônio Coelho.

Conforme explica o autor do projeto, Rontani lançou o primeiro fanzine no Brasil, em 12 de outubro de 1965, sob o título de Ficção e com distribuição pelos Correios. “Ele procurava um meio de difusão da cultura das histórias em quadrinhos no Brasil, e só muito depois veio a saber dos fanzines norte-americanos e europeus”, diz Edson Rontani Jr., filho do artista, em depoimento à publicação Quadrinhos Independentes, de Edgard Guimarães.

Ainda na propositura, Pedro Cruz cita que o primeiro fanzine tinha como característica a pesquisa e o ineditismo, tendo como premissa publicar artigos pouco conhecidos da maioria. A iniciativa repercutiu em publicações internacionais, como na Academia de Letras da Suécia.

O Dia Municipal do Fanzine consistirá em palestras, exposições fotográficas e debates que contextualizem sua história e atualizem o público sobre as tendências e novidades na área. A organização e a realização das atividades -- realizadas anualmente -- serão de responsabilidade da Câmara, em conjunto com rádios e canais de televisões.


 Reportagem do "Jornal de Piracicaba", do dia 4 de fevereiro de 2015, divulga a criação da Semana Municipal do Fanzine, em Piracicaba

Nenhum comentário:

Postar um comentário